6 de jun de 2013

Os Instrumentos mortais - A nova saga de Cassandra Clare

Depois do sucesso arrasador de Crepúsculo na literatura e nos cinemas, a onda sagas adolescentes começou a ficar mais forte.Surgiram histórias sobre anjos, bruxas, mais vampiros e Caçadores de Sombras. Não que essas sagas possam ser comparadas em conteúdos, pois acredito que muitas delas são muito melhores que Crepúsculo, especialmente essa a que dedico esse post. The Mortal Instruments.

Os Instrumentos Mortais é uma série escrita pela autora Cassandra Clare, composta de seis livros: Cidade dos Ossos, Cidade de Vidro, Cidade das Cinzas, Cidade dos Anjos Caídos, Cidade das Almas perdidas (com estréia prevista para... em breve) e Cidade do fogo Celestial (ainda não lançado). 



Realizei minha leitura até o quarto livro, e ainda não me arrependi nenhum pouco. A história não foge muito do esquema do triangulo amoroso previsível, com um "mocinha" aparentemente frágil mais que revela seus dons especiais mostrando uma força heróica. Não se engane, esses elementos estão lá. Mas Clary tem seus méritos.

Tudo se concentra dos Nefilins, descendentes do anjo, e destinados a caçar demônios e criaturas do submundo que quebrem as "regras". Eles têm sua própria cidade onde são treinados, e seus poderes especiais vem de runas desenhadas na pele por "estelas" um instrumento especial para isso. Parte-se do principio de que TODAS AS LENDAS SÃO REAIS. Fadas, bruxas, vampiros, lobisomens, e etc. Tudo está escondido dos Mundanos por magias e feitiços especiais, visando manter a ordem entre os mundos. Os caçadores de Sombras são os especialistas realizar essa tarefa. 

O enredo conta com personagens variados, mas figurando entre os protagonistas estão Clary (a mocinha ruiva de dezesseis anos), Jace (o caçador das sombras invisível aos "mundanos", loiro, atlético e arrogantemente sedutor, ou sedutoramente arrogante) e Simon (o amigo nerd apaixonado). Clary é aparentemente uma menina retraída que só tem um amigo, Simon, e uma mãe que esconde dela segredos sobre seu pai morto. Em um dia qualquer em que resolve sair com o amigo, presencia um assassinado em publico em uma danceteria, mas ela foi provavelmente a única a ver aqueles três adolescentes com o corpo todo marcado, matarem um menino. Jace, Isabelle e Alec são invisíveis para aqueles a quem chamam de Mundanos, mas naquele dia algo mudou. A menina ruiva pode vê-los. Seria esse um segredo guardado pela mãe de Clary? A partir desse dia ela conhece o mundo dos Caçadores de Sombras, e Simon é arrastado para esse mesmo mundo por ela, ou por seus sentimentos pela amiga. Assim começa a saga dos Instrumentos Mortais. 

Temos em Jace um herói que me faz sentir de várias formas. Ao mesmo tempo que aparenta um arrogância e um sentimento de superioridade, sinto nele uma tristeza profunda cheia de defesas. Quando se apaixona por Clary tem que enfrentar um dilema moral enorme, e se vê entregue a uma dor que não consegue suportar. Além de serem irmãos, eles são filhos de Valentim, o grande vilão cruel da história. 

"“— Aquelas garotas do outro lado do vagão estão olhando para você.
Jace deu um olhar afetado.
— Claro que estão. — disse ele — Sou extremamente atraente.
— Nunca ouviu falar que a modéstia é um traço atraente?
— Só para as pessoas feias. —  confidenciou Jace. — Os mais gentis podem herdar a terra, mas no momento ela pertence aos esnobes. Como eu.” – Cidade dos Ossos.

Simon de início se encaixa em todos os clichês do amigo apaixonado, mas ao longo dos livros se torna o personagem mais apaixonante e surpreendente de todos, mas não vou estragar a surpresa com Spoilers. Em suma, você vai se apaixonar por ele, com toda certeza.

Achei a qualidade dos livros bem acima da média das sagas oferecidas no mercado. Os personagens principais são bem construídos, porém senti que alguns outros poderiam ter mais a participação, mas ficam um pouco marginalizados e sem muito aprofundamento, como Alec e Magnus. Sei que o bruxo Magnus está para ganhar sua própria saga, não é para menos, mas sinto falta de mais cenas com sua participação durante os livros.

A adaptação chega aos cinemas em breve, e conta com Lily Collins e Jamie Campbell como protagonistas. Para mim foi uma sorte me apaixonar pelo Jace antes de ver a cara do Jamie, pois em minha humilde opinião ele deixa muito a desejar. Só espero que Cidade dos Ossos seja um sucesso e que sobreviva às criticas que virão, e que aguente as comparações com Crepúsculo, já que não vejo semelhança entre as história, e muito menos entre os personagens. Quem conhecer Jace, vai entender que de Edward ele não tem nada. 
Estou ansiosa para ler os próximos dois livros da saga, mas enquanto eles não chegam à minha linda prateleira, vou ver o que acho do filme. Conto com a opinião de vocês.
O que acham da saga? Ficaram satisfeitos com o elenco? Quais suas espectativas para os próximos livros, já que o fim do quarto foi tipo assim....... NÃAAAAAAOOO!! Hahahah
Beijooos a todos, e até breve, Mundanos! 



 




0 comentários:

Postar um comentário

Todos somos livres para mostrar opiniões, mas aqui, desde que não haja nenhuma ofensa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...