Resenha de Livro: O estranho mundo de Zofia e outras histórias – Kelly Link

10:24



Minha primeira resenha de livro do blog foi algo difícil, pois fiquei indecisa em resenhar sobre meu livro preferido, ou o último livro lido.

Escolhi a segunda opção.

O estranho mundo de Zofia não é, nem de longe, meu livro preferido, mas não vou dizer que não gostei. Olhando as resenhas do Skoob percebi que muitos tiveram a mesma impressão que eu: histórias extremamente nonsense que, não são só absurdas, mas também não passam mensagem alguma. É como dizer que encima de telhado as flores roxas não sabem subir de mais de duas. Hã? Pois é... Alguns dos contos do livro são assim, como por exemplo, o terceiro, O canhão, que em minha opinião foi muito chato e cansativo, apesar de ser pequeno. Mas outros contos, apesar do cunho surrealista, são encantadores e nos fazem parar para tentar entendê-los, como A bolsa Mágica, O Hortlak, e Animais de pedra, que foram os meus preferidos, principalmente A bolsa Mágica, que é o conto que dá o nome em Português (pois em Inglês é diferente, e já falarei sobre isso), e conta a história de Zofia e Genevive. A história da Bolsa de Zofia faz com que você se sinta dentro de um sonho maluco, no qual namorados podem desaparecer e aparecer anos depois com a mesma idade, e cachorros sem pele podem persegui-lo, caso você abra o zíper errado. Eu senti a mensagem da história de uma forma muito fantástica, como se todos nós carregássemos conosco uma bolsa mágica onde guardamos nosso mundo, cheio das nossas peculiaridades, e onde as pessoas que amamos não pudessem envelhecer, mas onde também guardamos nossa parte obscura, as defesas, os instintos, e são eles que dão a forma (a pele) ao nosso mundo.
Guardei meu trecho preferido para compartilhar aqui:

Página 12 – “Apaixonei-me por Jake porque ele ficou contando piadas infames para Natalie e disse a Natasha que gostava da calça jeans dela. E também porque acompanhou minha avó até a casa dela e, depois, a mim até a minha. Eu me apaixonei por Jake quando ele não tentou me beijar. (…) A maioria dos caras acha que é melhor nisso do que realmente é. (…) Mas Jake não tentou me beijar. Em vez disso, deu-me apenas uma abraço bem apertado, aproximou o rosto dos meus cabelos e suspirou.

Voltando ao livro como um todo, fiquei muito intrigada a respeito desse surrealismo absurdo em alguns pontos, e fui até a internet a procura de outros leitores para conversar sobre o assunto. Encontrei, em um Tumblr, um americano apaixonado pelos contos da Kelly Link, e ele conversou um pouco comigo e disse ter ficado sabendo que a tradução para o português tinha dificultado muito a semântica do texto. Respondi para ele que tinha sentido uma estranheza na leitura, e perguntei o que ele achava do titulo do livro e dos contos (aos quais eu traduzi literalmente para ele) e o coitado ficou desapontado. O título original do livro é Magic for Beginners, ou seja, Magia para iniciantes, que é o titulo de um dos contos que finalizam o livro, e eu não sei o por quê de não ter sido o titulo escolhido para a obra como um todo, já que é o que mais se encaixaria. A escolha em português acaba fazendo referencia ao “Mundo de Sofia” e eu não vi muita conexão a ponto de intitula a obra toda dessa forma.
Enfim, apesar dos problemas de tradução e das más escolhas, eu gostei de livro, pois me permiti viajar com ele e até comecei a escrever meu próprio plano de contingência contra zumbis.


Capa Original

You Might Also Like

4 comentários

  1. Eu amei esse livro! haha Sinto falta de mais histórias diferentes e surreais assim. Pra viajar em vez de procurar sentidos. Além dos títulos maravilhosos mencionados no livro! Fiz até uma listinha lá no blog. :)

    Beijos!
    Sobre Café e Livros

    ResponderExcluir
  2. Achei este livro muito louco, louco mesmo. Mas de uma loucura agradável e contagiante. Meus contos favoritos são o da Bolsa mágica e de Magia para iniciantes (adorei a ideia do seriado e acho que este deveria ser o título do livro em português). Mas o meu livro te um pequeno 'erro' que me deixou intrigada. No fim do conto Magia para iniciantes há duas folhas em branco. E no inicio do outro conto há uma página em branco. Não há título do conto (apesar de estar no sumário) e começa do meio de uma frase. Lendo os outros contos, pode muito bem ser uma loucura da autora. Mas também pode ser erro da editora LeYa. Então fiquei em dúvida.

    ResponderExcluir
  3. aaaah meu blog é o www.estranhomundinhoinsano.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Participaaando!!! E que a sorte esteja sempre ao meu favor ;)

    ResponderExcluir

Todos são livres para mostrar opiniões, mas aqui desde que não haja nenhuma ofensa.